Logo Peça a Peça

Dezembro

2023

Escultura de Rainha Santa Isabel

Escultura de Rainha Santa Isabel, de século XX, comprada em Coimbra por Luiza Andaluz. 

Escultura de Rainha Santa Isabel

A 12 de dezembro de 1321, a mando de D. Isabel de Aragão, com a colaboração do Bispo da Guarda, D. Martinho, funda-se em Santarém um Hospital para meninos expostos, junto à porta de Leiria. Neste espaço, acolhiam-se, criavam-se e educavam-se bebés e crianças que, pelas circunstâncias da sua família, não tinham forma de crescer e viver uma vida digna.  Já em 1415, o hospital é transferido para o Pereiro, local onde mais tarde se instalou o Convento das Capuchas e hoje se mantém a Fundação Luiza Andaluz.

Mesmo durante a presença da Ordem Terceira de São Francisco neste local, – mais precisamente as, assim conhecidas, Irmãs Capuchas –  não se deixou de lado a atividade social. Assim, deu-se continuidade ao propósito definido pela Rainha Santa, pela abertura de uma escola para crianças de rua, na cerca do convento, por ordem do Cardeal Patriarca D. José Netto.

Escultura de Rainha Santa Isabel
Escultura de Rainha Santa Isabel

Em meados dos anos 20, numa das suas visitas a Coimbra, Luiza, não esquecendo a fundadora desta obra, adquire uma imagem na Industrial Cooperativa de Coimbra. Esta, em cerâmica policromada, retrata sobre um plinto decorado com as armas régias, a rainha Santa Isabel coroada e vestida com o hábito de Clarissa, ordem na qual se recolheu após a morte de D. Dinis. Sem nunca professar os votos, usa os seus muitos bens para ajudar os pobres. Representada com um rosto sereno, quase inexpressivo, porém, muito delicada, segura com as duas mãos um livro entreaberto – a Regra de Santa Clara. 

Apesar de separadas por mais de cinco séculos, as obras de D. Isabel de Aragão e de Luiza Andaluz estão interligadas devido ao seu cariz social e educativo. Aqui, em especial através da Fundação Luiza Andaluz, cumpre-se ainda hoje um compromisso social de criar e educar crianças e jovens, dando-lhes as ferramentas necessárias para se inserirem na sociedade.

Categoria: Escultura

Designação: Escultura de Rainha Santa Isabel

Autoria: Industrial Cooperativa de Coimbra

Data: Século XX

Dimensões: 21,5 x 21,5 x 30,5 cm

Localização: Convento das Capuchas