Logo Peça a Peça

Maio

2022

Vestíbulo/Átrio

Vestíbulo de tendência eclética do século XIX, com escadaria em mármore quebrada em dois níveis.

Vestíbulo Casa de S. Mamede

O edifício foi construído em 1863, a mando de António Lopes Ferreira dos Anjos. Em 1890, é atribuído o título de Conde de Fontalva ao filho, Alfredo Ferreira dos Anjos. O palacete Fontalva permanece nesta família até 1934, data em que é adquirido por Luiza Andaluz.

Até 1941, dado que as congregações religiosas não tinham personalidade jurídica em Portugal, a comunidade religiosa – através da instituição da Sociedade Promotora de Institutos Sociais – é legitimada na sua ação social de uma forma perspicaz e inteligente.

Vestíbulo Casa de S. Mamede
Vestíbulo Casa de S. Mamede

Com entrada na porta número 100 da Rua da Escola Politécnica, somos recebidos num vestíbulo iluminado, com uma escadaria de dois níveis que nos absorve para um espaço de inspiração e pausa no meio do frenesim da metrópole. Neste sentimos a simbiose perfeita entre a burguesia palaciana e a sobriedade religiosa que se unem automaticamente representando as duas identidades desta casa.

 

“A entrada aqui da casa pelo lado da Escola Politécnica é realmente muito bonita. Tem um lance de escada que depois desdobra em 2 que sobe em 2 direcções e torna a formar-[se] num para depois desdobrar outra vez em 2. Começa na altura da cave e vai até ao 1º andar. Vem a ser os 1.ºs 3 lances em mármore e o resto da escadaria em madeira do Brasil.”
(Carta de Luiza Andaluz à sua Irmã Eugénia, Data provável – princípios de 1939)

Vestíbulo Casa de S. Mamede

Estilisticamente mantém ainda a tendência oitocentista com um estilo eclético e cheio de revivalismos, com arcos e janelas de cantaria em flor de lis que deixam entrar uma luz tremeluzente, com tetos em trompe-l’oeil e estucados em relevo com motivos vegetalistas e, uma balaustrada em ferro torneado, rematados com o sereno verde das paredes que atenua o aparato de século XIX criando então o paralelismo entre os dois mundos aqui vividos nesta casa, sem nenhum se deixar sobrepor ao outro.

Categoria: Edifícado

Designação: Vestíbulo/Átrio

Data: Século XIX

Localização: Casa de São Mamede

Este website utiliza Cookies, ao prosseguir com a navegação está a concordar com a nossa Política de Privacidade.